domingo, 15 de março de 2009

Ode aos Humanos

Não sabia de certa forma o que eu era

Ou mesmo quem ou o quê eu queria.

Não sabia se ser humano era vantagem

Ou mesmo se carregar no peito ódio ou amor era bom.


Talvez nunca gostei de nada,

Ou talvez gostei de tanta coisa que as esqueci.

Acreditaria em verdades falsas

Apenas para engolir a seco certos fatos e continuar tudo como está.

Ou talvez devesse falar o que sinto e, de certa forma,

Mandar tudo se danar e ir para o Inferno.


Sentir inveja, quem nunca sentiu que atire a primeira pedra.

Choveriam pedras até o fim do mundo, com toda certeza.

Quem nunca se logrou com a desgraça alheia?

Nem preciso ir tão longe:

Quanta vez já riu ou desejou um mal a quem está aí do seu lado?

Não sou diferente. Nunca fui. Você não é.


Quanta vezes nos pegamos sós,

Fizemos por merecer ? Claro que sim.

Não culpe o outro antes de culpar a si mesmo,

Mas mesmo se culpando se ainda sentir culpa

Culpe o outro. Acabe com o outro, e depois,

Acabe consigo mesmo.


Amar, amar é bem fácil

Tal como magoar é bem mais fácil ainda.

Por isso logra-se mais magoando que se amando

Afinal, entre algo fácil e facílimo

Que idiota escolheria amar ?


O melhor de tudo é a hipocrisia

A falsidade, ah como é bom, não?

Por que esta cara assustada?

Assim como você eu também tenho nojo de humano ás vezes.

Não se queixe por não conseguir ser humanitário,

Afinal, aquele que chegou mais perto morreu numa cruz.

Você teme a Cruz ? Eu também.


Lembre-se de que confiar é uma mentira.

Mentira. Mentira e mais mentira.

Espere o momento certo e verá

Como a confiança lhe apunhalará pelas costas.

E quando isto acontecer, aproveite para chorar

Enquanto outros rirão de sua queda.


Confesso que ás vezes tenho vergonha de mim

De ter sido assim ou de não ter sido nada disto,

Mas pouco importa. Não me interessa.

Você é a mesma merda que eu.

Somos a mesma coisa. [mais uma hipocrisia].

Não é mesmo ?


Sabe, amigo, algum dia espero levantar de verdade,

Levantar e ver o mundo de verdade.

Um dia espero viver como se é para viver, amigo.



(Ch.In)

5 comentários:

Anônimo disse...

Fodástico!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Achei mais ou menos bão.

Lorena Valaruco disse...

Já conhecia.

=P

Little James disse...

faltou rimas!

*.* Dessa *.* disse...

muito filosófico, muito bonito tbm.

"Aqui não há Lei. Não há nada. Só há nós. Nós somos a Lei."